quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Apenas Uma menina.

Sentada em meu quarto, olhando o céu, nas suas cores totalmente originais e impossíveis de serem copiadas e sua beleza única, comecei a refletir a minha vida, foi inevitável não chorar, lembrar da minha infância, amiguinhos de escola - ah que saudade!, o pessoal que ficava na rua, broncas, avós, irmãos que vi crescendo, cada ano escolar - não lembro de todos, aniversários, frustrações, domingos com a família, adolescência, são tantas coisas que se for falar somente sobre isso, não vão caber. Muitas coisas que verdadeiramente ganharam um lugar em minha memória - as chamadas lembranças, umas lembro-me com saudade, outras com um sorriso no rosto, e outras que não são tão belas assim.

E nessas lembranças da "minha vida" - tenho muito coisa pra viver ainda, eu sei - Deus foi me mostrando cada momento que Ele estava comigo, nos meus primeiros passos, primeira palavra, primeiro ano na escola, primeira molecagem, primeira paixãozinha infantil, primeira melhor amiga, e todos os momentos que, quando parei para pensar nenhum deles foram com as mesmas pessoas, ou em muitos deles, era somente eu e Ele, mesmo antes de eu saber que Ele sempre esteve comigo.

Ele mostrou-me como sou amada por Ele, e que lindos sonhos Ele tem para mim, mostrou que em todos os momentos estará comigo, sou como um bebezinho, que desde o princípio mesmo antes de meus pais saberem da minha existencia, ele já me amava demais e já cuidava de mim, e meu nome já estava em suas mãos.

E depois desse momento de reflexão com Deus, que recomendo para muitos, afinal não seremos jovens para sempre e acredito que assim como eu, você que está lendo, não quer passar neste mundo e não deixar a sua marca, não precisa ser algo grandioso ou na vida de muitas pessoas, só precisa ser impactante. Comecei pensando que era apenas uma menina, e, ao finalizar, entendi que os sonhos dessa pequena menina, seus anseios, inseguranças, medos, erros, amores e tantas outras coisas que estão no coração dela, nasceram primeiramente no coração dEle, e ela já não é mais uma menininha, e sim a menina dos olhos de Deus!

Permita-se experimentar esse amor, ele é único e incomparável ! EU TE AMO PAPAI

Nenhum comentário:

Postar um comentário